O Projeto

Surgimento do Projeto Beta EQ

O surgimento da ideia - VII SPEtro

Projeto Informativo Beta EQ busca ocupar uma lacuna conceitual e opinativa no cenário nacional de Engenharia Química. Sua finalidade é construir junto aos vestibulandos, os discentes e docentes das universidades, os engenheiros químicos de um modo geral e às empresas da área, um centro revolucionário de opiniões e informações sobre tudo o que nos cerca. Todavia, como surgiu essa ideia?

Antes, falarei um pouco sobre a minha história. O meu nome é Kaique Santos Teixeira. Sou graduando de Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, tenho vinte e cinco anos e sempre gostei de escrever. Gostava tanto que possuía um blog de humor e um de poesias. Uma das minhas paixões, sem dúvida, é a Língua Portuguesa.

Sonhava em ser médico, endocrinologista. E, por três vezes, busquei esse sonho nos vestibulares, sem sucesso. Apesar de não ter estudado em colégio público, minha família não teria condições de bancar meus estudos de medicina em universidades particulares. Somado a esse fato, eu também não queria que isso ocorresse. Sempre acreditei que era capaz de passar em uma universidade federal. Daí, veio a Engenharia Química.

"Engenharia Química é a Engenharia Universal", esclarecia o Wikipedia. Incentivado por essa frase e por um professor de Química, engenheiro químico, resolvi tentar e, finalmente, consegui. Passei em Engenharia Química para a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Viver longe da minha família certamente é um desafio, cresci e continuo crescendo com essa experiência até hoje. No começo, foi bem difícil. Resquícios do sonho de ser médico passavam constantemente pela minha cabeça, ausência dos meus pais e irmão. Tudo isso me atrapalhou muito academicamente. Demorou um pouco para eu perceber que o curso, por si só, é extremamente difícil e se eu não me esforçasse, não conseguiria. Creio que o começo da minha virada, foi quando entrei para o Diretório Acadêmico Arnaldo Bittencourt.

Por dois anos, fui auxiliar de comunicação do DA de Engenharia Química da UFRRJ. Lá, pude fazer o que mais gosto: escrever. Fui o idealizador, criador e supervisor do primeiro site do DAAB. Trabalhei pelas mídias sociais do diretório, como também contribui com ações de marketing e publicidade desde o início, a partir da campanha vitoriosa da "Chapa Nobre".

Após essa fase, participei da organização da XII Semana Acadêmica de Engenharia Química da UFRRJ. Era integrante de um grupo de cinco pessoas e, em conjunto, conseguimos gerir três eventos culturais que receberam cada um, em média, duzentas pessoas. A XII SEMEQ foi um verdadeiro sucesso e tenho orgulho de ter feito parte dela.

Desde o final de 2012, fiz parte da Núcleo Engenharia, Empresa Júnior de Engenharia Química da UFRRJ. Caminhamos a passos largos para fazer que a EJ acumulasse mais e mais projetos e fosse, cada vez mais, reconhecida no cenário nacional.

Hoje, atravesso, talvez, o melhor momento da minha vida. Apesar da greve das universidades federais, obtive meu melhor desempenho acadêmico. Aos poucos, aprendi a amar a Engenharia Química. Sim, escrevo isso convicto. Fluidos, reatores e processos em geral. Não há nada mais bonito, desafiador e fascinante. Aprendi a valorizar e amar a oportunidade que caiu como um presente para mim.

Um fator decisivo para o surgimento da ideia do Projeto Beta EQ foi a minha participação no Concurso Cultural da VII SPEtro (Semana do Petróleo da SPE/UFRJ). O criador da melhor frase relacionada ao tema da Semana, ganharia a inscrição gratuita do evento, com direito a palestras e minicursos. Felizmente, eu venci.

Durante a mesa redonda final do evento, eis que surge um palestrante que já admiro a anos: Victor Alves, criador do TECNOPEG, portal de referência na área de Petróleo e Gás. Técnico em P&G pela Universidade Estácio de Sá, ele falou um pouco da sua história e como surgiu seu blog. Ao longo de todo esse tempo, sempre questionava porque um curso tão abrangente como a Engenharia Química não possuía um portal de referência nacional que oferecesse informação e opinião a esse contingente específico. A partir daquele dia, comecei a pensar e acreditar que eu poderia fazer a diferença. Daí surgiu o Projeto Beta EQ.

O Projeto

Meu objetivo inicial foi tornar esse blog, o maior e melhor centro informativo e opinativo da Engenharia Química nacional. Para isso, contarei com a ajuda de vocês. Cada região do país terá um representante  β EQ.

Os Representantes Regionais são de fundamental importância para o funcionamento dessa rede informativa e opinativa. Jamais houve um projeto desse caráter e acredito que ser um Representante β EQ é um diferencial significativo no currículo de cada graduando.

Obrigado e espero que os vestibulandos, discentes, docentes e engenheiros químicos de um modo geral, façam desse espaço, sua segunda casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário